sábado, 11 de janeiro de 2014

Um Canto de Águas

.

Vamos até logo ali, pro canto
logo ali
bem no canto do que um dia foi encanto?...
Vamos tapear o coração?
Eu faço de conta que você "não"
Você faz de conta que eu "sim",
e a gente vai saber que é ali
por causa do barulhinho gostoso da água
e aquele ar fresco, convidando
você e à mim
a tirarmos junto às nossas roupas
nossas mágoas
equívocos
nossas palavras que não podiam ser ditas
e as que erronemante foram
parar goela abaixo
do teu
dos meus cansaços
vamos nos achar neste canto
deste lago, deste lado, esquerdo do peito
e lavar e lavar e lavar
este amor que tá perdido,
mas é teimoso,
e que não passa?...

Nenhum comentário: