terça-feira, 30 de julho de 2013

Deixa


.

Uma pessoa alegre nunca passa,
antes, fica. Permanece feito janela escancarada.
Guarda sentidos. Exala fragrâncias.
Toques etéreos.
As boas maneirasque a alegria enaltece
deixa um rastro de brisa multicor,
suave,
o portador do dom que é a alegria
conhece,
reconhece atalhos para uma sabedoria
maior. Muito simples.
Mil palavras serão ditas, e todas
entendidas,
acolhidas,
atendidas.

Então uma alegre pessoa de bem com a sua vida
diz algo muito calmo,
algo que ultrapassa gramáticas,
antes, são didáticas, ensinamento pra vida:

esperança fé coragem alegria,

ou resumidamente:
_ Deixe Deus te surpreender!

Ele disse lindas palavras, grandes e simples,
mas o mais belo de tudo foi Francisco lembrar
que precisamos pedir, delicadamente, licença para entrar.

Fiquei alegre e entrei. Entrei na sua onda:
_ pedi licença à vida e fiz as pazes com a alegria.


*

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Platônico é existir...

.


Maria gostava de ser apenas Maria,
sem mais  nem porquês,

mesmo que isso significasse nada à não ser...




*

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Laços e Nós

.


Às vezes a gente complica um pouco.

Começa imperceptível o hábito de dar nós.
Complicar é dar nós por dentro.
Um nó numa ideia, outro nó num sentimento,
o pensamento vai pegando gosto de dar nós,
e quando se vê, tá tudo um nó só, complicado.

E aí a gente vê que não foi uma boa ideia essa
de "garrar gosto" em dar nós por dentro,
porque o estrago se vê do lado de fora.

Solução:
descomplicar,
que vem a ser a arte de desfazer pacientemente
os desnecessários nós dados por dentro,
mesmo que tudo que se tenha querido
fosse se dar laços bonitos.


*

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Receita

.

Se o mundo parece virado de
ponta-cabeça

e isso rouba os sorrisos

dá-se uma cambalhota pro mundo
e no giro

a gente reencontra o sorriso.


*