sábado, 20 de outubro de 2012

Gostar de Esperar

.

Meu nome é paciência. Meu verbo é o esperar. Oque eu aprendi é que não há desejo sem espera e que aguardar é um dos verbos da Esperança. Não perco nada na espera. Antes, ganho. Ganho o desejo. Ganho o prelúdio. Ganho o significado do tempo. Esperar demora. E ensina. E adestra a ansiedade. Eu espero tudo que consigo imaginar. E espero também que nada se realize. É o comando da calma. A gente vai ficando calminha, calminha, até que a espera vira um capítulo. De capítulo em capítulo, forma-se uma história que só termina no ponto final.


*


6 comentários:

Fabi Magni disse...

Que texto bonito! Parabéns :)

Leo disse...

É uma das qualidades mais difíceis de se apreender. A vida, em sua brevidade, não ajuda muito a amenizar as nossas inquietações. Queria muito poder atar-me a esta calmaria.

Beijos!!

Juliana Moraes Lacerda disse...

Assim como os outros, seu texto é lindo.
Me faça uma visita:

www.olivrodosdiasblog.blogspot.com.br

Anônimo disse...

e assim eu tento!

Be Lins disse...

Caro Anônimo!

tente! não deixe de tentar. A espera é bonita quando é leve.

Desejo sorte às tuas esperas. E alcances.

Luzia Trindade disse...

Que texto mais lindo. Paciência é bom, pena que nem todos possuem este dom.

Bjos