segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Meu tapete voador

.


Quando eu era criança, eu realmente acreditava em tapetes mágicos.
Enquanto eu crescia, testava tapetes e mais tapetes. Mas eles nunca voaram.
Quando o amor chegou eu voei. Foi a primeira vez que saí do lugar sem
esforço. Mas os primeiros passos do amor são feito amostra grátis. Fáceis,
mas só  os primeiros são de graça.
Os demais você tem que validar com seus próprios recursos.
O amor vingou e eu nunca precisei tanto de um tapete mágico...
Era preciso te alcançar...
Tentei tecer um, com minhas próprias mãos, com fios tingidos nas minhas
cores preferidas que eram quase todas. Mas não voou.
Daí me falaram das palavras e eu comecei a tecer tapetes com palavras.
Deu certo. Juntei as palavras com o  amor e consegui voar.
Virei uma criatura voadora. E isso é quase sempre bom.

Foi assim que o meu amor por você virou o meu tapete mágico.


*

2 comentários:

JasonJr. disse...

:D *-* :D

Bia Rodrigues disse...

Lindo esse texto. Sempre me encanto com sua palavras.Beijos.