segunda-feira, 23 de julho de 2012

Rua Rosa

.

Do outro lado do dia existia uma rua cor-de-rosa. Aquele tom de rosa que prospera em suavidades. Aquele tom de rosa do sonho em andamento. Aquele tom de rosa que oferece uma certeza que acalma e te lembra do que é feito o outro lado da alma. O rosa que resplandece nas flores. Que brilha no rosto dos bebês. Que tem o lado de dentro da boca. Cor de chiclete de criança que mastiga alegrias. Do outro do dia tudo está trocadinho em miúdos. Não há oque desentender. A alegria não precisa de explicação. Um sorriso amoroso não precisa tradução. O desejo de um beijo não requer legenda. Um dia bonito é simplesmente um dia bonito. Cor- de- rosa é mais que uma cor, é um estado de espírito. Respire o caminho e alcance a cor da rua que existe do outro lado do dia. Faz-se necessário soltar-se pra chegar. Fechar os olhos para oque parece real, e abri-los para o corajoso coração de criança. Você está certo: é no espírito o lugar onde se deve morar. Fora é muito longe. É chuva ácida. O silêncio é passaporte. Mas parece tão distante... Oque eu faço dessa distância?

_ desenha um sonho de fim de tarde. E não esqueça de usar todos os tons de rosa.


*


3 comentários:

A primeira estrela disse...

Para todas as sensações gostosas e tilintar que o rosa nos proporciona, vários brindes de vida! :)

Tallita Monteiro disse...

Ain que lindo!!! Pintando o roso a gente segue feliz!!!


Bjuss flor!

Luzia Trindade disse...

Lindo!! E eu adoro cor de rosa :)