terça-feira, 15 de novembro de 2011

A Esperança é feito doce da Vovó


.

A minha Esperança é sim, PAPO DE VOVÓ!... é papo de titia, é papo com a família. É a poção milagrosa das palavras de uma amiga, é papo de vizinha regado à bolo formigueiro e chá de calmaria. A minha Esperança é papo com o mundo. Com os livros. Com as imagens, com tudo que se move, se entrega, se derrete, se comove, se envolve, se restaura através do cuidado do outro. A minha esperança não é papo de Ilha: não sou só eu e as minhas escolhas, sou eu e o mundo e a sorte de cruzar com gente que acha que ESPERANÇA tem sim!, muito a ver com papo de vovó: aquelas bandagens que vão aliviando a dor e que aquela mãozinha tão doce aplicava, fazendo a dor parar. Esperança é amor multiplicado por dois. E cresce no abstrato apesar do concretismo que a dor causa. É coisa límpida que não se encontra em confessionários de carvalho cheios de culpas, mas antes, nos altares do perdão. Ou na casa rosa na rua dos Voluntários, onde a porta estava sempre aberta, o cheiro era sempre de café fresco e de biscoitos saindo do forno à lenha, e onde nunca, nunquinha da Silva, uma pessoa era preterida por suas interioridades escuras. Ao contrário, era convidada à dormir em casa e conversar pelas madrugada, onde nada deixava de ser dito, nem as verdades mais duras, mas sempre havia a delicadeza das toalhinhas quentes sobre os olhos para relaxar. Suavemente. Aliás, só conheço recomeços através das suavidades. A Esperança é um fio condutor. Faz-se um nó aqui, enlaça o outro acolá, e assim vai se formando o tricozinho da vida, outra coisa muita linda que aprendi com minha vó: Tricotar. Tricotar com os fios da vida.

Assim como a minha liberdade de expressão esbarra na
liberdade de expressão do outro e respeito idem,
esperança tem passe livre pra invadir corações.

*

3 comentários:

Pipa. A Pipa dos Ventos. disse...

Anote que isto é um cor.
Verde. De esperança, minha gente!

Levei umas quatro horas para tecer aquele comentário, rs... E vejo, através de você, que a palavra tem PODER...

Tá vendo o meu sorrisão aeee?

E se apertar, é só avisar, que tenho um estoque inteiro de pêlos de sovaco de morcego, sabe como é, rs, para espantar os maus pensamentos...rs

Sempre sua, Pipa.

Patrícia disse...

É verdade... como as pessoas de nossa vida são importantes para alimentar a esperança!
Beijo

Adriana ♣* disse...

:D

adorei!