sábado, 14 de maio de 2011

Abóbora Selvagem




.Será que já existe alguma serviço disponível para os viciados em pessimismo? Os "Pessimistas Anônimos". Eu juro que tento, mas o fato é que só pioro a cada dia. Não teria conseguido ultrapassar a meta dos, sei lá, _ estou a dez minutos sem ter um pensamento pessimista. Quanto mais se vive, mais motivos intensificam essa tendência. Tudo bem, a propaganda da coca-cola diz que existem muito mais motivos bons do que ruins para se acreditar, mas é osso. Por exemplo: na semana anterior, houve o casamento real em Londres, e uma longa cobertura sobre o assunto. Eu adoro historinha de princesa plebéia, então para mim, foi uma semana de suspirar, enfim, alguma coisa de boa estava sendo noticiada no mundo. Mas as pessoas em geral resmugavam o tempo todo chamando de palhaçada, um despautério frente as mazelas humanas. Então, na semana seguinte, houve a morte do terrorista. Um prato cheio para os noticiários, e de um assunto como esse, todos falam, não cansam, assim como quando ocorrem tragédias e afins. Eu me perturbo com isso e não fico bem. Conviver com as pessoas também acaba sendo um prato cheio rumo ao esfomiado pessimismo. Pressa, desconsideração, esquecimentos, falta de palavra, pouca honradez, preconceitos de toda ordem, é impressão minha e só ocorre ao meu redor, ou de fato tudo parece caminhar para o lado do avesso do bem? Pode ser que seja eu e meu interior que estejamos atraindo isso, com aquela historinha da quântica, que não mexo mais por medo de escolhambar o escolhambável, mas, ética , por exemplo, parece ser palavra com prática dada como extinta. Seja como for, pessimistas crônicos, uni-vos!, e não deixemos de praticar, sistematicamente:
_ Só por este minuto, eu não vou ter nenhum pensamento ruim.


*

2 comentários:

Adriana ♣* disse...

Sim, tudo parece caminhar para o lado avesso do bem.
Adoro ler os contos de fadas!
Mas fazer de conta que está tudo bem, que o mundo é cor-de-rosa, que todas as pessoas são boas, sinceras, amigas, confiáveis...
Ai... sei lá... viu.
Eu não consigo fazer o jogo do contente só para 'aparências' p/ 'agradar'.
Nunca vamos agradar o tanto que o outro espera...
Enfim... é tarefa árdua essa de manter o pensamento positivo!
Pelo menos por mais 1 minuto!
Bjs

Anônimo disse...

A grande maioria das pessoas são mesmo maldosas, não fazem nada pra mudar, para melhorar, mas adoram atacar o outro, sabe aquela coisa de ver o o cisco no olho do outro, mas não ver a trave no seu próprio?
Mas não sou pessimista e sim positivista ao extremo, e te digo, melhor olhar para o lado bom de tudo, até as coisas ruins, são manifestações para que possamos mudar nossa forma de agir>> sempre para melhor, claro.


;)