sexta-feira, 11 de março de 2011

Estranho

é tão estranho
e sem razão ou lógica ou cabimento de ser

mas em alguns minutos de algumas horas
de incertos dias que

parece que nunca mais voltarei a me sentir
feliz

feliz
outra vez

parece que a chave perdeu-se pra sempre
em alguma imensidão de um mar sem fim...


de um mar
sem fim




*

8 comentários:

MMaria disse...

mas com fé a chave volta para minhas mãos trazida pelas ondas... amei a postagem, linda demais. bj

Adriana ♣* disse...

IDEM!
De vez em quando o desânimo bate...
Fica difícil acreditar, mas um dia espero achar a chave.
Beijos

Patrícia disse...

Ah, que coisa! Eu também me sinto assim... muitas vezes.

O que nos resta? Procurar a chave!

Beijo

Priscila Lima disse...

olha as conchinhas entendem de mar
e lá tudo se perde
mas na vida tudo se acha!

abraço das conchas.

Leo disse...

Hoje eu acordei assim, no meio da madrugada, com os mesmos pensamentos...

Um Abraço pra nós, bem apertado.

Beeijos carinhosos!!

Cáh... disse...

Amei!

Andressa disse...

Também ando assim :(
Saudades Be,te adoro

Be Lins disse...

Olá, amigos.

Muito grata por estarem aqui, dividindo palavras comigo.

é reconfortante sempre.

Andressa,
sinto sua falta tb.
Você é uma querida.

Beijo grande em todos.


*