sexta-feira, 4 de março de 2011

É noite de Carnaval

.

Foi numa noite em que as estrelas estavam alegres e a Lua era a feliz dona da festa, muito linda portando um vaporoso vestido branco radiante. Olhavam para baixo, e a terra que era o céu pra eles, estava igualmente lindo e festivo pois era noite de uma festa louca que parecia chamar-se carnaval. Aquelas cabecinhas todas, daquela gente toda irradia brilhos de purpurinas e as ruas estavam repletas de coisinhas coloridas que parecia chamar de confetes, milhares de bolinhas coloridas e de serpentinas, aquelas espiriais de forma elegante. Todo mundo sorria porquê a música irradiava uma energia poderosa que ninguém resistia. E tudo era festa, tanto na terra, como no céu. Subitamente, porém, a lua franziu sua testa redonda e as estrelas olharam-na juntas para perguntar: _ O quê houve?... Olhem ali, disse a lua. Apontou seus luminosos dedos para um pedaço distante da terra de onde podiam-se ver duas casas pouco próximas para a terra, mas muito próximas quando olhadas de cima, e oque viram lá dentro, entristeceu a festa do céu. Numa das casas, sentado olhando uma árvore quase sem folhas, um ser comprido olhava distante para oque parecia ser parte alguma. Em outra casa, pendurada à janela, uma criatura sem grandes belezas suspirava e pensava oque parecia ser coisa nenhuma. Alguma coisa naqueles dois seres irradiava uma espécie de dor conhecida tanto para as estrelas, mas principalmente para a imensa Lua. Lembrava a impossiblidade de seus amores. À Lua, lembrava o Sol, seu eterno namorado a quem não podia amar. Às estrelas, lembrava seus lugares plantados no espaço e a incapacidade que tinha de deslocar-se e assim, amarem apenas á distância seus pares distantes. Suspiraram todas juntas no firmamento, e aquele suspiro foi tão grande que na terra chegou e uma súbita onda de tristeza abateu-se por toda parte. Por toda parte da terra, por toda parte no céu. Como podia?!.. .apenas duas criaturas tornaram-se, sem saber absolutamente de nada enquanto pendurados em suas tristezas, causadores de desconsolo e fizeram a festa perder o sentido. Tudo perdeu sentido... Então, naquele instante tão longo, dona Lua pensou: _ Não, pelo menos hoje não será assim! não em noite de festa no céu. Não em noite de festa na terra. Meninas!, bradou Dona Lua, preparem suas redes prateadas e as lancem em direção à esses dois "estragaprazeres" e os tragam até aqui. _ Mas é contra a lei natural das coisas, Senhora!, disseram algumas estrelinhas menos experientes, oque em absoluto intimidou a branca Lua. _ Obedeçam! E assim deu-se que, em suas formas originais alteradas, aquele moço e aquela moça foram trazidos até um recôndito lunar muito bonito, e uma ordem receberam, pensando em obedecer sem sequer titubear: _ Não percam a chance que estou lhes concedendo e tratem de irradiar muita luz de amor para que a festa não pare, e o Senhor do céu não perceba que, para vê-los felizes juntos, toda terra e todo céu conspirou a seu favor, desobedecendo a ordem natural das coisas, em nome do Amor e da Alegria. E assim aconteceu. Todas as partes da terra, todas as partes do céu continuaram a festa da alegria, e ainda mais folia fizeram para que os dois enamorados não fossem descobertos juntos. _ Festa barulhenta, bradou o Senhor de todos os céus, em dado momento, no meio de seu sono Divinal: _ Será que eles pensam que não notei essa traquinagem da Dona Lua permitindo a esses dois ficarem pela miléssima vez em suas existências, juntos? _ Rammm, resmungou o Senhor, _ O que eu faço com esse romantismo humano tão obsecado?... e minhas meninas do céu, ainda não aprenderam nada sobre o amor?!... Botou então seus olhos que a tudo vêem naquela noite feliz e pensou resignado: _ Bem, não serei Eu a estragar a festa, já que estou com tanto sono. Deu uma piscadela divina que por toda parte viu-se feito o rabo de um cometa, e voltou a dormir seu sono dos deuses, merecidamente.

E nos recônditos lunares?
"Muitas borbulhas de amor à luz da Lua..."




*

5 comentários:

C. disse...

Bom feriado
flores e luz

beijos ;)

Adriana ♣* disse...

Hummmm...
Até que o Carnaval ficou mais simpático vendo dessa perspectiva!
Beijinhos...

Cris disse...

Gostei muito daqui, vou add seu blog aos meus favoritos!
Beijo!

JasonJr. disse...

...traquinagens...
rs
Uma beijoca mocinha!

JasonJr. disse...

...traquinagens...
rs
Uma beijoca mocinha!