domingo, 21 de novembro de 2010

Sua Resposta




O quê eu quero? Eu quero tudo. Quero oquê você chama de realidade. Quero oquê eu chamo de sonho. Quero muitos beijos de amor, quero a tua eternidade encostada na minha, quero encontrar teus olhos à minha procura, quero o encontro, as horas, os planos, os desejos. Quero seus sonhos acordados, quero seus sonhos dormidos, quero suas noites habitadas por mim. Quero o seu sim, quero o meu sim, quero seu sorriso à salvo das dores do mundo, à salvo das dores que eu causo, quero sua vida vibrando nas ondas da minha, intensa e concomitantemente. Nos paralelos, nas esquinas, nas ruas, aqui dentro. Dentro das possibilidades. Quero distância dos maus pensamentos, quero tua liberdade por livre arbítrio convidando a minha pra dançar. Pra sair de mãos dadas pelo mundo como a gente sempre quis. Eu quero você. Todo. Eu quero o verbo poder. Eu quero teu abraço apertado e suas palavras quentes lambuzando meu ouvido. Quero fechar os olhos enquanto seus lábios os tocam, num beijo de muitos inícios e nenhum fim. Quero te ver. Nos meus sonhos. Na minha vida. Hoje, amanhã, por todas as horas de todos os dias. Quero te ver feliz, te fazer feliz. Quero ser assim, simples e amorosamente feliz.

É pedir muito?


*

7 comentários:

Renata Fagundes disse...

eu quero
que seus quereres se realizem

beijos cintilantes

Eliete disse...

Não , com certeza não é querer muito. Vá em frente.bjs

Michele disse...

Não parece muito, até porque tudo isso se encaixa em algo bem simples: VIVER o amor em sua PLENITUDE!

Beijo, beijo!

thie disse...

transbordar é capacidade de poucos. lindo texto, imagens absolutamente imagináveis apesar do abstrato que habita o sentimento.

aproveitando pra trazer a você uma resposta ao seus comentários lindos em meu blog, eu fico impressionado com a quantidade de conteúdo que delicadamente constrói dia a dia em seus inúmeros (aparentemente 5, mas eu tendo ao exagero) espaços com traços tão peculiares e impressionantes. Exclusividades, elegância e sentimento vejo eu, aqui e lás (se e permite a brincadeira), espalhados entre pensamentos e linhas. Adoro esse universo, e obrigado por sua assiduidade na produção.

Vanessa Mendes disse...

que tudo isso se realize ,e concerteza não é pedir MUITO!
que essa felicidade seja completa e imensa *--*

Lianto Segreto disse...

Pode pedir muito porque do pouco e muito,embora sempre variaveis, nunca demais sera para o nosso coracao, queri(dona)...


BEEEEEEEEEEEEEEEEijo.

Michele disse...

Be, adorei saber essas coisas boas sobre a cor púrpura! Boas energias é tudo o que um quartinho de bebê precisa! :)

Obrigada pelos elogios!

Beijos, querida!