terça-feira, 28 de setembro de 2010

F o r m i g u i n h a s







Meninas são formigas. Mulheres são formigas. Creio que até os homens são formigas, e Setembro, o mês dos formigueiros se aprumarem. O sol vem com mais força, as janelas podem ser reabertas, as cortinas soltas ao vento, e à mesa, os doces. As permissões. Setembro é também um mês acanhado, ou melhor, um mês de engatinhar em direção às tentações. Um mês de encarar de frente as coisas todas, oquê nos seduz. Setembro é mês de São Cosme e São Damião, esses dois santinhos lúdicos, das crianças formigas, que nos trazem a lembrança que a vida não precisa ser amarga e nem carregada de dores, embora saibamos que até as dores podem ser véspera de doces alívios. Doces fazem isso. Aliviam. Aliviados, respiramos. Respiramos um ar doce, porquê fica ali no narizinho da gente a fragância das doçuras. E das flores. E das abelhas. E dos passarinhos. E dos dias que se alongam. E das noites de mais estrelas. E de sonhos mais bonitos... de tanta esperança. Eu sei que tudo parece utópico, mas tem dia que é assim, a gente canta e nem sabe porquê canta. Assim como há dias que a gente chora, e sabe muito bem porquê chora. Chora e então entram os doces. E depois dos doces a gente respira. E respirando doce seguimos andando, no meio da chuva, no meio do sol, feito pequenas formigas, um pouco perdidas, um tanto unidas, zanzando do meio do caos.
Que seja, ao menos então, doce. Bem doce. Né não, seu Caio?
*




5 comentários:

Dani disse...

Hummmmmm
Delíciaaaaaa
Aiii que vontade que dá...
E eu não tenho um aqui.
hahahahaha
beijo

Faxina

Denise disse...

E que seja doce...


afagos de formiguinha persistente em busca da docilidade da vida

Adriana ♣* disse...

Pelo menos doce... no caos...

Assim podemos caminhar com mais ânimo!

Bjs

Michele disse...

Sim, sim, que todos nossos dias sejam doces. Na alegria ou na tristeza, eles tornam todas as coisas muito melhores!

Um beijo, querida!

LUZIA disse...

Amo doces...