domingo, 30 de maio de 2010

Oh, My God!

Tudo bem, eu admito. Estou espiando você, sim. Se essas folhas não fossem tão barulhentas você nem teria percebido. Mas o que que tem? Você me espia também, que eu sei!... Quer dizer, você sumiu nos últimos dias, por causa daquilo. Mas liga não, NADA É TÃO IMPORTANTE ASSIM. Nada. Importante é acordar todo dia. Importante é não deixar de sonhar. E brincar com os fatos. Creio que os fatos prefiram assim. Moloques os dois, ao invés de pessoas ressentidas. Imaginativos aos invés de vingativos. Adoráveis transgressores ao invés de adeptos do bom comportamento. Tristão e Isolda, ao invés de fulano e beltrana que somente se suportam. Caçadores de impossibilidades, no lugar de pessoas descrentes. Nós dois, juntos, na soma de nossas peculiares, resguardando nosso EU E VOCÊ em saparado. Vamos continuar nossa historinha infanto juvenil sem responsabilidades e grandes preocupações. Com covardias e pequenas coragens. Com amor derramado e ódios indisfarçáveis. Na soma de todos os produtos, o resultado é sempre o mesmo: mais e mais amor. É um caso perdido de AMOR. Uma hora dessas, a gente se encontra ou se esbarra, justamente na mesma moitinha, na espreita, se observando, e aí, então, vamos rir disso juntos. Não parece mais divertido?!...
*
Pra rir e dançar:
*
[QUEM SE ESCAFEDE NÃO FEDE]

Nenhum comentário: