sexta-feira, 2 de abril de 2010

NÃO

Chover pode, e choveu, e sempre vai chover,
mas tem que ser uma chuva verdinha, pura, leve, sem fluídos ruins,
a chuva a que eu me refiro não é mesma que a sua, garoto...

_ nós nao combinamos em nada, seus pingos de chuva são ácidos,
venenosos, poluídos e não caem do céu. A sua chuva é água suja que alguém
jogou do 18.andar.

E dessa água eu não vou beber.
Sacou? N Ã O .


*

Um comentário:

Denise Portes disse...

Be
Manda um e-mail de contato pra mim, quero falar com você sobre roteiro, acho que você vai gostar muito. Eu sempre vejo diálogos incríveis nos seus textos.
O meu e-mai é deniseportes.portes@bol.com.br
Um beijo
Denise