segunda-feira, 12 de abril de 2010

Bala Sabor VAIDADE

Minha mãe sempre me dizia:

_ Menina, nada de aceitar balas de estranhos, hein?

_ E se o estranho for bonito, mãe?

_ Aí você sai correndo, entendeu?...


[ às vezes eu lembro, às vezes não!]


*

Nenhum comentário: