sábado, 27 de fevereiro de 2010

Como se diz, te amo?...


Não, não!... não me refiro à esse "eu te amo" que se ouve a três por quatro, por todas as esquinas e quadras do mundo, a cada segundo impensado. Não! O sentimento à que me refiro não cabe mais nessa frase, e na verdade, ultrapassa qualquer palavra que possa ser dita. É fina energia que se move, tem vida própria e se transmite talvez pelo toque, pelos olhos, pelos poros, pela finíssima camada de vida que nos reveste, a que chamamos de alma, como se por dentro andasse, mas que de fato é livre, e nos envolve de fora pra dentro, de cima pra baixo, de lado pra outro, e é exatamente nessa frequência que eu gostaria de saber como se diz EU TE AMO.


*

7 comentários:

Sol Brito disse...

Realmente não precisamos falar...simplesmente fazemos acontecer o amor.Quando olharmos para dentro de nós e encontramos o outro..aí sim teremos a certeza de há amor nesse recinto e ele não precisa mais ser dito, pois já habita nossas almas!!!

Um beijo!!

Pipa. A que sonha. disse...

Ouvi essa canção a tarde toda. E não me canso dela.



Se descobrir, me avise.

Um beijo.

Denise Portes disse...

Be
Nessa frequencia, eu acho, que não se diz, se sente...
É muitoooo melhor que tudo!
Um beijo
Denise

Sαbrinα disse...

Realmente eu te amo, já não se pode ser tão digno de representar um sentimento tão grande, quanto o amor, ele se tornou banal, ou melhor, as pessoas o tornou banal, esse sentimento, os sentimentos na verdade, não deveríam ter nome, porque nome algum, letras que formam um som, seram capazer de alcansar tamanha grandeza que se dá apenas por um sentir.

thais motta ~ disse...

Pois é , esse " eu te amo " que ouvimos por ai já perdeu quase todo o significado real. Quero aprender , assim como você , essa frase verdadeira , que muda a nossa vida e faz nosso coração mais feliz . Acho que já soube um dia como dizer ESSE eu te amo que você escreveu , mas depois de um tempo, o coração sofre e esquece .

Se você descobrir , me conta ?
Beijoos :**

Daniela Falcone disse...

Quando é assim, a gente não precisa dizer a gente simplesmente sente que o outro vai sentir também. :)

Anônimo disse...

Vontade de conversar com você, Binha... Deixa um olá no MSN do Bo...