domingo, 17 de janeiro de 2010

Nana Nenê!

.

Foi então que, junto com os primeiros raios da manhã,
chegaram como um poema, suas palavras insones:

_ Você não é a única que voa... esteja ciente disso!


[virei para o lado, e tornei a dormir, respondi à ele, EM SONHO]

*

2 comentários:

Lucas disse...

Voar não é nada mais do que explorar a terceira dimensão...

Pipa. A que sonha. disse...

Ao menos em sonho, algumas coisas se tornam possíveis.


Um beijo