domingo, 6 de setembro de 2009


P
E
R
T
E
C
E
S

.

Minhas horas, minhas palavras, minhas lembranças, minhas pequenas preciosidades, minha chave, minhas rendas, meu retrato, minhas verdades, minhas mentiras, meu eu, é tudo seu. E você, que me pertence, mesmo sem saber, ou sem querer, ou sem poder. De toda forma, MEU.


[ALMAS QUE SE PERTENCEM]




*

Um comentário:

a primeira estrela disse...

ihihihih,que saudade do meu aconchego!