quinta-feira, 3 de setembro de 2009

a m o r . a m o r . a m o r . a m o r . a m o r

.

São muitos os poderes,
São tantas as fragilidades,

e o AMOR
no meio disso,

poderosamente
frágil.


*

Nenhum comentário: