sexta-feira, 3 de julho de 2009

Viajando na Viagem

Interessante como algumas coisas chegam até nós na hora certa. Chegam para nos fazer sorrir, chegam para nos fazer lembrar, chegam para nos trazer entusiasmo.
Entusiasmo quer dizer "Deus dentro de você". Quanto mais entusiasmo mais Deus em você? Suponho que oque nos entusiasma seja composto de milhares de partículas divinas, então, creio que não seria exagero dizer que nossos sonhos e aspirações estão repletos de Deus. Eu li em algum lugar:
_ O meu Deus me acolhe, Ele chega até mim com ternura.
Sonhos são ternos. E doces. Preciso de um Deus terno e doce.
Enquanto escrevo essas palavrinhas, toca na rádio uma música que fez parte de uma história. Fala da viagem, da "viagem de viajar na viagem".
Coincidências (...)
Coincidências que se misturam. Labirintos rumo à terra prometida. Estão confusas essas palavras, eu sei, mas grandes emoções são meio assim, não? Indecifráveis.
Ganhei de presente esse desenho lindo que ilustra esse post. De certa forma é como se eu pudesse me ver dentro dele. Símbolos que me são caros, de um Amor que não acaba, ou que talvez ainda não tenha sido composto. Projeções. Universo paralelo. O Céu. Um paraíso perdido. O dia de amanhã. O recheio do coração...
Olho a pipa colorida que voa no desenho e concluo que não vou amadurecer nunca. Talvez isso seja até bom. Jesus disse certa vez: _ Vinde à Mim as crianças. Ando cansada do mundo adulto, dos milhares de "afazeres a fazer", da postura "Low" que todo mundo deu de ostentar, o tedioso ar "blasé" dos moradores do Olimpo, dos assuntos, dos requintes, do que é certo, do que é errado, dos julgamentos. Ando gostando mesmo das caipirices, do que não é esteticamente aprovado, ando até gostando de novela _Hare Baba, pecado mortal!
Estou com vontade de ir para a chácara, de comer pinhão em volta do fogão de lenha, e ficar ali, só com os mais chegados falando qualquer coisa que não esteja na moda, que não esteja no topo, que não seja "cult", qualquer assunto d e s p r e t e n s i o s o.
Gosto de conversar com o meu Tio Franciso, ele veio me visitar na loja hoje. Ele ri alto, gesticula o tempo todo, arregala os olhos quando fala, cheio de vida que é, ficou me contando das saladas novas que ele deu de inventar, contou que foi no jogo do Atlético domingo, e que depois foi lanchar no Karina, uma casa de lanches aqui da cidade, que todo mundo vai. Vai assim, "diboas", sem precisar se arrumar, zero de frescura. Lá, todo mundo fala alto, se mistura nos estilos, dá risada alto, come até se fartar, curte o estar vivo ao lado dos amigos. Simples assim. Combinamos de ir lá juntos . Hoje vou ao médico. Homeopata. Uma graça ele, curto ir lá para conversar.Vou levar a foto desse desenho lindo do post junto comigo à consulta e dizer:
_ Doutor, quero uma gotinhas que me levem para dentro dessa cena.
Como eu acho que ele deve ser de outro planeta, estou com esperança. E no mais, sigo assim, viajando na viagem. (de fugir com você) .

......................................................................

Re, você é uma amiga muito querida,
muito grata por esse desenho lindo.


SE OS SORRISOS SE PERDEM,
O MUNDO SE APEQUENA.

(Gabriel Chalita)

4 comentários:

Vanessa disse...

ah os sorrisos...


amo que amo

beijos

=)

.

Katia Spagnol disse...

Viajar é tão bom...
E os pensamentos nos levam a contemplar outras Terras, outros Mundos, outros Desejos, Existentes, Inexistente, ou só em nós mesmo!
Isso tudo é uma viagem das melhores.
:*

Thiago disse...

...

Respirar de corpo inteiro...

Aquela brisa morna soprando no rosto...

Sentir que a beleza está muito mais nas coisas simples.

[de uma viagem inocente terna e sorridentes]

Um beijo querida senhorita.

Adriana ♣* disse...

Aiii... Be...
Adoroo ler os seus posts...
Porque me faz lembrar de infância boa!
De qual cidade desse Brasil vc fala?
Fiquei curiosa pensando que deve ser no interior por conta da casa de lanches "Karina".
Beijos procê!
Adri