domingo, 24 de maio de 2009

Leve como deveria ser...

Uma bicicleta,
um livro de Amor,
algumas flores bem lindas,
e todo aquele mar à sua frente.

O que mais ela poderia precisar?
_ Claro! Ele perto. Bem perto.

Ele acha que ela não sabia que sempre que ela saía
para passear, colher suas flores e ler um pouco em frente ao mar, ele ficava lá de cima, só a observar. Ela ria dele. E mandava beijos pelo ar, beijos que voavam até ele, como pipas a bailar.
Bem calmo, ele esperava ela voltar.
E ela sempre voltava para ele.


*

Nenhum comentário: