terça-feira, 10 de março de 2009

Talvez, um desapego...

Saudade é quando o momento tenta
fugir da lembrança para acontecer de
novo e não consegue.

Lembrança é quando, mesmo sem autorização,
seu pensamento reapresenta um capítulo.

Vontade é um desejo que cisma que você
é a casa dele.

Paixão é quando apesar da palavra "perigo"
o desejo chega e entra.

Amor é quando a paixão não tem outro
compromisso marcado.
Não... Amor é um exagero.. também não...

Um dilúvio, uma mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole,
uma necessidade, um desapego?
Talvez porque não tenha sentido, talvez porque não tenha explicação,
esse negócio de Amor, não sei explicar.


(Mario Prata)


*

Nenhum comentário: