sábado, 24 de janeiro de 2009

Interrogação

.

Primeiro,
fez-se o Amor.
Da falta do Amor,
fez-se o desamor.
E do desamor,
fez-se toda a dor.

Toda dor
nasce no desamor,
que nasce
na falta do Amor,
que é de onde nasce
toda a dor.

Para o que serve mesmo o Amor?


*

2 comentários:

Anônimo disse...

Lindo blog. Posso voltar?

Bjos

www.katapalavras.blogspot.com

celso yokomiso disse...

Procurava tanta delicadeza e sensibilidade. Belos poemas. Au bout du chagrin une fenêtre ouverte... (Paul Éluard)