sábado, 3 de janeiro de 2009

Das coisas mais lindas.


Já tinha sido tudo tão perfeito. Mas ele não cansava de surpreendê-la. No meio na noite, assim, do nada, acordou-a com um beijo. Em seguida, com aquele jeito que só sendo seu jeito mesmo, pediu que ela se levantasse, eles iam sair. Meio tonta, meio zonza, de sono, de amor, de fascinação, ela olhou pra ele e sorriu. E ele, olhou pra ela e sorriu. Pegou uma manta, colocou sobre eles e a puxou pela mão. Então, ele disse:

_ vem amor, quero fazer amor com uma estrela, olhando as estrelas.

Eles nunca viram um céu tão estrelado...





*

5 comentários:

Caróu Penna; disse...

Gostaria de tuas visitas mais uma vez por lá.
Que assim seja!
Um beijo.
http://oprincipevirouumchato.blogspot.com/

André Rocha disse...

Beatriz,

O Gian Fabra, compositor e baixista da banda Tantra e que tocou com a Legião Urbana, me concedeu uma entrevista e citou o seu blog. Se quiser conferir, segue o link (pode entrar, não é virus...Hehe):

http://blogs.abril.com.br/futebolearte/2009/01/papo-firme-08.html

Aproveitei para visitar e também gostei muito. Parabéns! :)

Dani disse...

e que haja sempre espaço para que as coisas lindas se tornem cada vez mais lindas... :)

binhobrill disse...

Não me faço ainda merecedor do amor das estrelas, mas prometo que se um dia for, farei o possível pra que ela se sinta uma mulher.

Belo blog, moça!
Obrigado pela visita! Volte quando quiser.

Bjo!

joao p. guedes disse...

"we are all made of stars" (MOBY).