sábado, 29 de novembro de 2008

L'Amour

Se um dia eu escrevesse uma história de Amor, ela se passaria em Paris. Sei lá, Paris tem atmosfera de romance.Eu acho. Convida para o Amor. Assim me parece. E assim seria. É que o tempo parece passar mais lentamente por lá. E Amor, convenhamos, precisa de tempo. E de atmosfera. Creio que os personagens se conheceriam por lá. Ambos perambulando pelas ruelas parisienses, e esbarrando-se ao acaso. Porque, convenhamos, o Amor necessita de acasos. E de disposição. Logo, eles estariam dispostos para o Amor. Porque quem vai à Paris deve ir com essa ilusão imbutida no inconsciente, no sub-consciente, ou no consciente mesmo, que se um lugar convida ao romance, esse é o lugar. E seriam ambos, desencanados. Porque convenhamos, o Amor não combina com as tensões cotidianas. Ele exige Almas livres. É... se um dia eu escrevesse uma história de Amor, ela se passaria em Paris. Aliás, se um dia eu decidir viver uma história de Amor, acho que vou dar um pulinho por lá. Depois de arranjar tempo, inspirar a sorte, e aprender a relaxar, quem sabe, com muita terapia. Porque convenhamos, o Amor é espertinho, quer estar perto das Almas mais leves. E em lugares bonitos. Tipo Paris.

*

5 comentários:

disse...

eu sempre fui apaixonada por paris. concordo que a atmosfera de lá é perfeita para um bom romance. parece que lá há realmente chances para que o amor dê finalmente certo.

Caróu Penna; disse...

romantismo me chama atenção!
inspira..

assim como ja ate me imaginei sentada num banco de praça em plena Paris, escrevendo sobre o bom e velho amor..

sempre amando.

R.Vinicius disse...

Adoro-amo Paris e seus atributos. É um país que eu ainda sonho em conhecer. Gostei muito do seu texto. Vou te indicar um filme que é sobre o amor e sobre Paris e acontece em Paris, é muito bonito.
Não sei se conhece, se chama - Te amo Paris. (Je t'aime Paris) Eu adorei o filme, tem muitas histórias de amor, lugares bonitos, é um ótimo filme.

Abraço,

R.Vinicius

Textos e Outros disse...

...Desculpa invadir o seu blog, mas além de Paris, tem um outro cenário lindo para romance: Buenos Aires!

Dani Cabrera disse...

Ai Paris...
Bê, reforço a indicação do Vinicius:
vc precisa ver Paris Te Amo, se é que ja não viu.

Olha, eu to planejando dar um pulo por lá esse mês ainda. E eu também tenho a mesma visão sobre Paris. Nunca fui lá. Daqui eu precisaria pegar um trem pra Madri, ou pra Barcelona, e depois um pra lá. Enfim, estou no terceiro ponto antes da Cidade do Amor. E tenho um plano: escrever dois nomezinhos bem agarradinhos na Torre Eiffel. Pode ser pequenininho mesmo, nem precisa ser notado, mas precisa estar ali pra ser enredo-completo. Eu e minhas manias de eternizar as coisas.
Sabe, eu tenho andado muito por aqui, e tenho pensado muito sobre um texto que dentro de mim já está desenvolvido, mas falta colocar pra fora. Fala sobre quando anda nas ruas das Marias, nas "calles españolas". E que não se deve olhar nos olhos dos que andam nas ruas das Marias a menos que se tenha a predisposição de viver um breve ou longo romance. Aqui também há um convite imenso, suspenso no ar, ao Amor Bê.
Vou ver se consigo sentar e colocar todas essas sensações pra fora esses dias da semana que começa hoje.

Te deixo um Bê_ijo!
E um abraço apertado.

Amei essa postagem. : )