sábado, 12 de julho de 2008


"Em vão procuras
um guarda-chuva
que te leve
para casa.
Como se o importante
fosse a chuva
e não a fuga
deste ardor
que te consome."

*

2 comentários:

O Profeta disse...

E este Sol impõe a claridade
Pôs no celeste a Lua a bocejar
Perdi a conta das estrelas no céu
Ergui-me em bicos para as contar


Voa comigo sobre as emoções

Boa semana


Mágico beijo

B disse...

suas visitas são intrigantes.
Como foi mesmo que acabou parando aqui?

Seja bem-vindo.